O país quer Temer fora da presidência

Após denúncia sobre as gravações da JBS com o presidente Michel Temer, manifestantes foram protestar em frente ao Palácio do Planalto
Após denúncia sobre as gravações da JBS com o presidente Michel Temer, manifestantes foram protestar em frente ao Palácio do Planalto

 

Manifestantes ocuparam os arredores do Palácio do Planalto, em Brasília, e a Avenida Paulista, em São Paulo, pedindo a saída do presidente Michel Temer. Os protestos ocorrem horas após notícia dada em primeira mão pelo GLOBO, de que o dono da JBS gravou o mandatário dando aval para compra de silêncio de Eduardo Cunha.

Militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) e contrários ao governo de Michel Temer se concentraram no vão do Masp, na Avenida Paulista. Os manifestantes fecharam um dos sentidas da avenida. Enquanto as primeiras notícias sobre os irmãos Joesley e Wesley Batista chegavam, representantes da Frente Povo Sem Medo debatiam sobre a reforma da Previdência no local. Ao saber das informações, o líder do MTST Guilherme Boulos celebrou.

— A conjuntura política brasileira mudou nos últimos 30 minutos — anunciou ele aos manifestantes. — A melhor maneira de derrubar essas reformas é derrubar imediatamente o governo Temer, dar o empurrão que falta para que ele caia e deixe o lugar onde nunca deveria ter estado — continuou.

Enquanto isso, manifestantes gritavam “fora, Temer” e pediam por novas eleições, ao mesmo tempo em que motoristas passavam pelo local buzinando. Também foram ouvidos barulhos de panelas.

Deixe uma resposta