Ministério Público aciona Madeira para entregar documentos ao prefeito eleito em Imperatriz

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde de Imperatriz expediu Recomendação01___prefeito_madeira_anuncia_a_instalao_de_novos_empreendimentos_em_imperatriz_josaalmeida1para que o atual prefeito disponibilize à equipe de transição do prefeito eleito Assis Ramos, no prazo de 15 dias, todos os documentos referentes a controle social (conselho, planos e conferências de saúde), rede (atenção média e básica), e dados financeiros (folha de pessoal, organograma de saúde, arrecadação mensal e arrecadação anual, receita bruta e líquida do município, entre outros detalhes).

O promotor de justiça Newton de Barros Bello Neto, autor da Recomendação, destacou que os documentos são necessários para assegurar a transparência na transição municipal e para a eficiência da continuidade dos serviços de saúde pública, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Motivaram a manifestação ministerial informações encaminhadas pela equipe do prefeito eleito, ressaltando a necessidade de ter acesso aos referidos documentos, que até então não tinham sido repassados pela atual administração municipal. A equipe da futura administração de Imperatriz se reuniu com a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde de Imperatriz, no dia 3 de novembro, para discutir a atual situação da rede pública de saúde no município e a continuidade dos serviços.

Deixe uma resposta