Fazendas produtoras de algodão são auditadas para receberem certificação da safra 2016/2017

http://www.amapa-ma.com.br/wp-content/uploads/2017/06/f.jpg

WA CONSULTORIA – Empresa contratada e subsidiada pela AMAPA – Associação Maranhense dos Produtores de Algodão enviou auditores nos meses de abril e maio/2017 para auditarem fazendas produtoras de algodão no Sul do Maranhão afim de obterem certificação ABR e licenciamento BCI competente à safra 2016/2017.

Nesta safra as fazendas produtoras usufruíram de “safra bônus” que é um benefício concedido para produtores que tiveram suas propriedades certificadas pelo programa nas últimas 3 safras de forma consecutiva.

Dentre a área total produzida no Estado na atual safra, 90% é certificada, atestando que a produção algodoeira é operacionalizada de forma sustentável, atendendo aos três pilares do programa “Social, Ambiental e Econômico”.

AMAPA em parceria com as unidades produtivas mantém rigoroso acompanhamento e apoio às fazendas, afim de atender às normas do programa que exige no mínimo 85% de conformidade em cada um dos oito critérios do programa:

  1. Contrato de Trabalho;
  2. Proibição do Trabalho Infantil;
  3. Proibição do Trabalho Análogo e Escravo;
  4. Liberdade de Associação Sindical;
  5. Proibição de Discriminação de Pessoas;
  6. Segurança, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente do Trabalho (NR 31)
  7. Desempenho Ambiental;
  8. Boas Práticas Agrícolas.

A partir da primeira safra, é necessário um crescimento de 2% das não conformidades encontradas na safra anterior até o limite de 90% de conformidades.

http://www.amapa-ma.com.br/wp-content/uploads/2017/06/h.jpg

http://www.amapa-ma.com.br/wp-content/uploads/2017/06/g-1.jpg

Deixe uma resposta